terça-feira, 11 de outubro de 2011

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

I ANIVERSÁRIO DA DDI- baptismo de Mergulho no mar

="ltr" style="text-align: left;" trbidi="on">
Dia 10 de Junho a DDI comemorou o seu I aniversário e teve como convidado especial o Modelo brasileiro Fernando Fernandes que ficou paraplégico após um acidente de viação. Fernando tinha uma promissora carneira de modelo mas o acidente não o deixou revoltado com a vida ele aceitou a sua nova condição e continuou o seu percurso.
Apaixonado pelo desporto percebeu que era por ai que tinha de continuar o seu caminho.
Experimentou vários desportos mas apaixonou-se pela paracanoagem, porque logo após se sentar num kayak descobriu que estava em pé de igualdade com os ditos normais.
Curioso começou a pesquisar sobre paracanoagem e quem lhe aparecia no youtube eram as reportagens que o magazine consigo fez comigo assim nasceu a vontade de me conhecer e conhecer a NELO minha pratocinadora.
Veio a Portugal e a NELO adaptou-lhe um kayak vi a reportagem na TV mas estava longe de pensar que era eu a inspiração do Fernando.
Foi no Mundial na Polónia que nos conhece-mos, ele meteu conversa comigo contou-me a História dele e na altura fiquei sem reacção, nem saber o que dizer.
Assim nasceu a nossa amizade, dei o contacto dele à DDI e ele aceitou vir mergulhar connosco.
Foram cinco dias de aventuras, mergulho era uma actividade que o Fernando nunca tinha esperimentado foi no dia do nosso reencontro que ele fez o seu I baptismo em piscina.
Um pouco assustado olhava para mim enquanto dizia: - Carlinha você me salva!
Mas assim que se apanhou debaixo de água nunca mais queria de lá sair no dia seguinte fomos para a praia da Balieira em Sesimbra e foi vê-lo a brincar com uma estrelinha do mar, sentiu-se livre eu também estava de baixo de água mas presa por três instrutores foi impossível fugir e ir atrás do Fernando, fiquei dançado por baixo do casco do navio onde os tripulantes me estavam a ver por entre um fundo de vidro.
Ao cair da noite estávamos de volta para mais um jantar comemorativo no exterior do complexo hoteleiro em frente à praia da Califórnia , comemorava-mos todos juntos um ano de muito trabalho mas ao mesmo tempo muito compensativo pelas experiências realizadas.

Após o jantar comemorativo do I aniversário da DDI, na esplanada ao lado realizavam-se os preparativos para um desfile de moda especial em que jovens com sonho de se tornarem modelos profissionais se iriam cruzar com 10 pessoas com deficiência na passarela.

A iniciativa contou com a colaboração do fotografo Carlos Sardedas e quatro lojas de roupa sendo uma delas de Cuba do Alentejo que também quis estar presente.

Sem estar previsto acabei a desfilar na passadeira vermelha ao lado do Fernendo e foi bem mais complicado que enfrentar a pista de um campeonato do Mundo de paracanoagem, mas lá nos safamos sempre bem dispostos.

Depois de ter estado do meu clube e treinado connosco, Fernando quis treinar no mar de Sesimbra e eu que nunca tinha ido para o mar fui atrás foi outro dia inisquésivel, apesar de eu ir a maior parte do percurso no barco de apoio, andar dentro das grutas e no mar de k1 sozinha foi outra barreira que passei, andar na onda do barco de apoio descobrir que não há limites quando se quer tudo se vence mesmo que as barreiras nos pareçam intransponiveis.

Fernando conseguiu andar num k1 de competição para espanto de todos e grande alegria dele.

http://www.youtube.com/watch?v=Z0M2qrM9WUI
E foi assim o nosso reencontro.

http://videos.sapo.mz/kngUDZ0CGGrCmy1oefBB

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Paracanoagem Fernando Fernandes e Carla Ferreira no mar de Sesimbra

Mergulhos Especiais




Depois de várias tentativas falhadas, conseguimos finalmente encontrar uma máscara que se ajustasse ao meu rosto.





Foi em S. Brás de Alportel que o Presidente da DDI Paulo Guerreiro conseguiu com uma máscara emprestada estabilizar-me e pôr-me a mergulhar.





Depois de alguns minutos debaixo de água e de se descobrir que não entrava água na máscara fiquei à vontade, tranquila e segura fui seguindo as instruções do meu instrutor, felizes iam-mos deslizando pela piscina e por segundos consegui descontrair e mandar a espasticidade embora.





O video a baixo fala por si.





http://sicnoticias.sapo.pt/537216






Carla Ferreira